15 dicas simples e fundamentais que vão melhorar o seu orçamento

Publicado em: 2 de junho de 2016.

poupardinheiro

Em tempos difíceis, organize-se!

10 em cada 10 brasileiros comentam, todos os dias, sobre a crise econômica do país. Mas, o que você está fazendo pelas suas finanças? Atitudes simples do cotidiano são essenciais para quem quer manter as contas em dia e o orçamento equilibrado em tempos difíceis. Selecionamos 15 dicas práticas para você aplicar já. Confira:

  1. Quem tem dinheiro vivo, manda

Jogue pesado nas negociações e peça descontos quando for pagar algo. A falta de liquidez no mercado virou o jogo para quem tem dinheiro. Peça descontos nas compras, pechinche e valorize  estar no lado forte da negociação.

 

  1. Compare preços

É preciso comparar para conseguir economizar.  Com a inflação batendo 9% ao ano, por vezes consumidores podem perder a noção dos preços reais dos produtos, assim como empresários podem encarecer seus produtos antecipando uma alta dos preços gerais da economia. É bom dedicar um tempo para pensar as compras, principalmente, de supermercado. Sempre tenha uma lista em mãos dos produtos que você já tem em casa e dos que realmente precisa.

 

  1. Fuja dos parcelamentos

Outra dica na hora de comprar é pagar à vista. Além de ser possível negociar um desconto, é uma garantia maior que o valor se encaixe no seu orçamento. Além disso, mantendo-se longe dos parcelamentos, o controle sobre o dinheiro é maior.

 

  1. Separe um valor para supérfluos

Pode parecer incompatível falar em gastar com supérfluos em uma lista de como economizar, mas é bom pensar na economia como em uma dieta. Um planejamento muito restritivo pode gerar escapadas mais danosas. Por isso, o ideal é separar um valor definido para gastos supérfluos, assim também os pequenos confortos não sairão do controle.

 

  1. Deixe o shopping para lá

Para muita gente o programa de final de semana é frequentar o shopping mais próximo. O problema é que mais da metade dos brasileiros afirmou ter comprado por impulso, de acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SCPC), e não há locais mais propícios para compras por impulso.

 

  1. Planeje as refeições da semana e faça as compra de uma só vez

Compras de última hora (mercearia, armazéns, lojas de conveniência, etc.) sempre significam despesas a mais, pois você não poderá comparar e/ou avaliar os preços.

 

  1. Para economizar gás

Faça vários pratos de forno que possam ser assados ao mesmo tempo. Quando forem retirados do forno, aproveite o calor para torrar pães amanhecidos cortados em fatias.

 

  1. Economia na conta de água

Sabe aquela água desperdiçada pela lavadora de roupas enquanto ela funciona? Então, essa mesma água pode ser armazenada e reutilizada para a limpeza de garagens, lavagem do banheiro e banho nos pets.

 

  1. Busque programas de benefícios

Cadastre seus cartões em programas de pontos. Muitas marcas dão descontos que vão de serviços a eletrodomésticos.

 

  1. Otimize as roupas e calçados

Quando for comprar roupas, privilegie roupas e calçados versáteis que possam ser utilizados em diversas situações, em vez daqueles que serão usados poucas vezes.

 

  1. Aproveite os programas gratuitos

Informe-se nos jornais e sites da sua cidade. Uma ótima sugestão é trocar o cinema por um piquenique em um parque público. Também vale planejar uma tarde de brincadeiras em casa com os colegas do seu filho.

 

  1. Calcule as promoções

Fique atenta às promoções “leve 3 e pague 2” e aos produtos em pacotes maiores. Tenha uma calculadora sempre à mão para conferir se vale a pena.

 

  1. Faça trocas

Combine com os pais dos amigos da escola e promova permutas de brinquedos e livros infantis em bom estado. É uma maneira simples de economizar e renovar as brincadeiras.

 

  1. Bela, mas sem gastar tanto

Dá para espaçar mais as suas visitas ao salão – que tal de 15 em 15 dias? Também vale combinar um bom desconto. Ou, ainda, aprender a fazer aquela escova em casa.

 

  1. Dê férias ao cartão de crédito

O grande problema do cartão de crédito é nos dar a falsa impressão de que temos uma renda maior do que na realidade. Dessa forma, uma boa estratégia para quem está aprendendo como economizar dinheiro é tirar o cartão de crédito da carteira por alguns meses e pagar tudo à visa.

Fonte: Ibahia.com

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *