O que é levado em conta em uma cotação de seguro? - Status Seguros

Ínicio > Negócios > O que é levado em conta em uma cotação de seguro?

Negócios

O que é levado em conta em uma cotação de seguro?

Status Seguros 0 34

O que é levado em conta em uma cotação de seguro?

Um seguro é essencial para quem possui bens de maior valor, como imóveis e veículos. Na hora de contratar esse serviço, porém, é normal se deparar com uma grande variedade de preços, coberturas e condições de uso. São, portanto, muitos os aspectos a analisar para que o seguro cumpra adequadamente sua função de proteger o segurado contra imprevistos.

Por essas e outras, é simplesmente fundamental fazer uma cotação de seguro. Pensando nisso, resolvemos explicar neste post como o processo funciona, qual a importância da cotação e o que precisa ser observado. Acompanhe!

O que é uma cotação de seguro?

De maneira resumida, podemos dizer que a cotação de seguro consiste em uma espécie de orçamento. Ao procurar corretores fica fácil perceber que cada um oferece serviços e preços diversos. O papel desse processo é, portanto, comparar tais condições em busca da melhor oferta.

O caminho para cotar um seguro costuma ser bem simples, em alguns casos podendo inclusive ser feito pela internet ou pelo telefone. São solicitados dados pessoais básicos e informações do bem a ser segurado. Em caso de dúvidas, o cliente conta com corretores à disposição.

Por que fazer a cotação de seguro?

A cotação é essencial para que a pessoa que pretende contratar um seguro saiba pelo que está pagando e quais serão as condições para acionamento da cobertura em caso de sinistro.

Dessa forma, você evita contratar um seguro caro demais ou com serviços que nunca serão aproveitados. Do mesmo modo, consegue se prevenir contra surpresas desagradáveis, como a ausência de uma cobertura necessária. Sem falar que ainda permite negociar com a corretora em busca de vantagens ou descontos.

O que deve ser observado?

Para ajudar na hora da cotação, listamos alguns pontos que merecem destaque uma vez que ajudam na comparação entre as opções disponíveis no mercado.

O que está coberto?

É preciso saber direitinho quais incidentes são passíveis de cobertura, bem como quais não são. A partir disso, você conseguirá definir as proteções que são pertinentes à sua realidade.

Existe franquia?

franquia nada mais é que o valor que o segurado deve pagar no caso de acionamento do seguro. Ela pode ser reduzida, normal ou ampliada. Nas franquias reduzidas, paga-se menos em caso de sinistro, mas será necessário arcar com um seguro de valor maior.

São oferecidos serviços adicionais?

Seguros com serviços adicionais representam um custo extra, mas costumam ser interessantes. Em seguros auto, por exemplo, é normal serem oferecidos benefícios como guincho 24 horas ou carro reserva.

Que pontos a seguradora leva em conta?

As seguradoras contam com critérios próprios para estimar o valor dos seguros. Tal cálculo considera alguns dos fatores que listaremos agora. Veja só!

Valor e características do bem

O bem a ser segurado geralmente é o primeiro quesito analisado. Mas essa análise vai além do valor de mercado. Pegando como exemplo novamente os seguros auto, é comum que veículos com histórico de problemas de manutenção ou muito visados pelos criminosos tenham um seguro mais caro.

Perfil do segurado

O perfil do segurado abrange idade, sexo, histórico, entre outras características. É mais comum nos seguros auto, fazendo com que condutores muito jovens ou com registros de multas desembolsem mais pela proteção.

Fatores de risco

Os riscos são considerados diante do local, proteção prévia existente e incidência de eventos que possam provocar sinistros. Em um seguro residencial, por exemplo, imóveis localizados em áreas onde chuvas fortes são frequentes acabam impactados por esse fator de risco.

Viu como uma cotação de seguro cuidadosa é importante? Portanto, quando for contratar ou renovar sua apólice, não se esqueça das dicas deste post!

Fonte: rodobens.com

Share

Publicações Relacionadas

Gostou da Publicação? Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Mais Lidas

Que tal parcelar seu seguro auto em até 10X sem juros?