Pratique o simples: 7 dicas para levar uma vida menos complicada - Status Seguros

Ínicio > Bem estar > Pratique o simples: 7 dicas para levar uma vida menos complicada

Bem estar

Pratique o simples: 7 dicas para levar uma vida menos complicada

Status Seguros 0 93

Pratique o simples: 7 dicas para levar uma vida menos complicada

Viver com menos – objetos, roupas, comida e obrigações – é o caminho para uma rotina mais saudável e feliz.

Veja como colocar em prática um estilo de vida em que o simples é mais do que necessário.

Para levar uma vida mais simples, pratique o consumo consciente. Veja se você precisa mesmo daquele item, por exemplo.
Foto: arquivo BOA FORMA

 

1. Foque o presente

Está provado que fazer várias coisas ao mesmo tempo não é sinônimo de competência nem de resultado. Tente se concentrar no que está sendo realizado no momento, não importa se você está trabalhando, cozinhando ou brincando com as crianças. Só mantendo o foco é que você consegue captar as próprias emoções, entender e influenciar o mundo à sua volta, além de dar atenção de verdade a quem está por perto.

2. Desconecte-se

“Ter momentos off ao longo do dia é chave para se conectar consigo mesma”, sugere a terapeuta cognitiva e médica nutróloga Mariela Silveira, do Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa, no Rio Grande do Sul. Deixe smartphone e tablet dentro da bolsa, em outro cômodo e nem pense em levar para a academia – assim, você consegue relaxar depois de um dia de trabalho, malhar com foco e curtir o jantar com as amigas.

“Parece pouco, mas a expectativa pelo toque ou alerta de mensagem gera ansiedade e tira você do momento presente”, diz a médica. Ela explica que cada alerta de chamada no Whatsapp ou curtida em uma foto, por exemplo, liberam uma descarga de dopamina, substância que promove o prazer imediato. Na dependência dessa recompensa rápida, deixamos de aproveitar o agora e de experimentar outros prazeres.

3. Dê-se um tempo

“Boas ideias e decisões dificilmente surgem quando estamos procurando por elas no meio da nossa rotina acelerada”, diz o escritor britânico Carl Honoré, defensor da movimento Slow, que prega justamente a desaceleração como o caminho para uma vida mais plena e prazerosa. “Elas vêm quando estamos praticando um esporte, balançando na rede ou mergulhados em um banho de espuma. Quando estamos tranquilos, sem pressa nem stress, o cérebro entra em um modo de pensamento mais eficiente”, completa.

4. Prepare sua comida

Cozinhando você sabe exatamente o que está ingerindo e tem como controlar a dose de sal e gordura, além do tamanho da porção. Isso faz diferença na balança, como mostrou um estudo da Universidade de Temple, na Pensilvânia (EUA), que acompanhou 12 mil pessoas durante quatro anos. O resultado revelou que aqueles que se alimentavam em restaurante de três a seis vezes por semana tinham índice de massa corporal mais elevado do que os que faziam as próprias refeições ou comiam fora no máximo duas vezes por semana.

5. Curta seus relacionamentos

A tecnologia enfraqueceu os laços entre as pessoas. Tudo bem que podemos manter contato constante e reencontrar gente que não víamos havia um tempão, mas os relacionamentos nunca foram tão superficiais. Invista em quem você ama, seja fazendo mais refeições em família, seja lembrando de telefonar para a amiga com frequência ou conversando mais com o namorado. Vínculos sólidos nos tornam emocionalmente fortes e preparadas para a vida.

6. Pense antes de comprar

E não apenas sobre a necessidade de ter mais uma bolsa preta ou outro tênis para malhar. Mas também sobre a relação entre preço e qualidade. O que vale mais: uma blusa baratinha, daquelas que você sabe que vai acabar depois de algumas lavagens, ou uma mais cara, mas que combina com várias peças do guarda-roupa e mesmo depois de anos está inteira e deixa o visual sempre arrumado? Lembre-se de que o momento pede reflexão e consumo consciente.

7. Medite

A prática facilita todas as sugestões anteriores, pois acalma, ajuda a pôr as ideias e as emoções em ordem e tem impacto na saúde. Vários estudos já associaram a meditação à redução da pressão arterial, da ansiedade, do stress e da insônia, ao controle da depressão e da dor e à melhora da imunidade. Quer começar? Encontre um lugar sossegado, feche os olhos, acalme a respiração e vá deixando os pensamentos irem embora, sem se prender a eles.

Gostou desse post? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro dessa e de outras novidades para você!

Share

Publicações Relacionadas

Gostou da Publicação? Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Mais Lidas

Que tal parcelar seu seguro auto em até 10X sem juros?