Qual o piso correto para cães e gatos? Descubra agora - Status Seguros

Ínicio > Bem estar > Qual o piso correto para cães e gatos? Descubra agora

Bem estar

Qual o piso correto para cães e gatos? Descubra agora

Status Seguros 0 27

Qual o piso correto para cães e gatos? Descubra agora

Não há quem diga que conviver com um animal de estimação não seja uma ótima experiência, no entanto, além de ter os itens necessários para abrigar confortavelmente o animalzinho, também é preciso preparar a sua casa para a chegada dele.

Ao contrário do que muita gente pensa, escolher um piso que atenda necessidades de animais de estimação não é besteira.

O revestimento deve ser seguro, resistente e de fácil manutenção. Por isso, pisos lisos, sensíveis a riscos e que exigem cera devem passar longe dos ambientes com pets.

Os bichinhos podem arranhar um piso comum, bem como babar, manchá-lo com determinados brinquedos e derrubar ração ou água. Por isso, um piso apropriado para animais deve ser antiderrapante e de fácil limpeza. Você tem um pet e quer aliar uma convivência feliz a uma casa bem cuidada? Então, confira as dicas que o Casa Para Viver separou para você.

Tipos de Pisos

Porcelanato

O piso de porcelanato é o mais indicado. Ele oferece conforto e facilidade de limpeza para ambientes com animais, especialmente se instalados com espaçamento mínimo no rejunte, já que evitam manchas e umidade, além de ampliar espaços. O material – exceto o porcelanato de alto brilho – apresenta resistência contra os costumeiros riscos das unhas e garras dos animais.

O porcelanato também possui absorção de água praticamente nula, o que o protege contra manchas. A limpeza de qualquer porcelanato é simples, podendo ser feita apenas com água e detergente neutro.

Pisos atérmicos

Pisos atérmicos são ideais para garantir o conforto do animal. Os pisos atérmicos também são conhecidos como pisos de madeira, que apresentam superfície menos rígida para o deitar e andar de cães e gatos. No entanto, como ele pode ser encontrado em diferentes acabamentos, é necessário escolher aquele que atenda melhor a necessidade do seu animal.

Apesar do piso de madeira ser apropriado para residências com pets, ele deve ser evitado em ambientes com grande número de animais, como clínicas veterinárias e canis, pois o material acumula pragas, como pulgas e carrapatos, com mais facilidade.

 

Piso vinílico

Piso fabricado em vinil é uma das melhores opções para os donos de animais. O material é resistente contra arranhões e oferece conforto. Ele é um revestimento que aceita água, por isso, é de fácil limpeza e manutenção. Caso o cachorro ou o gato faça xixi, o piso não vai estufar, não vai manchar e também não vai absorver cheiro.

Outra vantagem do piso vinílico é a propriedade acústicas, que permite que os pets corram e brinquem à vontade sem incomodar o vizinho, no caso de apartamentos. Além disso, os modelos vinílicos, produzidos em resina de vinil (PVC), possuem opções de textura que previnem escorregões.

Outras dicas

Independentemente do tipo de piso que você escolher, não se esqueça de manter as unhas do seu bichano sempre muito bem aparadas, impedindo não apenas danos piso, como também possíveis machucados no pet. Também é essencial limpar qualquer vazamento ou mancha imediatamente, o que evitará futuros estragos permanentes.

Por sinal, dependendo do piso escolhido, o desgaste pode acontecer de forma mais rápida que o esperado, já que ele fica à mercê das unhas de cães e gatos e das sujeiras que eles fazem. E lembre-se: o ideal, para qualquer tipo de piso, é aplica-lo sem juntas de dilatação ou com rejunte fino.

Gostou desse post? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro dessa e de outras novidades para você!

Share

Publicações Relacionadas

Gostou da Publicação? Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Mais Lidas

Que tal parcelar seu seguro auto em até 10X sem juros?