Rodar com tanque na reserva prejudica o carro e pode gerar multa - Status Seguros

Ínicio > Auto > Rodar com tanque na reserva prejudica o carro e pode gerar multa

Auto

Rodar com tanque na reserva prejudica o carro e pode gerar multa

Status Seguros 0 70

Rodar com tanque na reserva prejudica o carro e pode gerar multa

Com a recente greve dos caminhoneiros, diversos problemas vieram à tona e ganharam uma gravidade muito grande.

Um deles foi relacionado ao preço da gasolina e o abastecimento dos carros, já que com a greve os postos de combustíveis ficaram com o estoque bem limitado e consequentemente o usuário ficou praticamente sem conseguir rodar com seus veículos com a quantidade de gasolina desejada.

Os cuidados que devemos ter com o nosso veículo são inúmeros e dentre eles está sempre evitar rodar com o tanque na reserva.  Um dos grandes riscos de andar com o tanque na reserva é a possibilidade de prejudicar a bomba de combustível. Jamais se deve deixar o tanque com pouca gasolina ou etanol, pois dessa forma a bomba fica superaquecida. Já quando o líquido está em grande quantidade ela mesma é responsável de resfriar esse acessório tão importante para o funcionamento do veículo.

A depender do modelo do carro, a bomba de combustível pode custar de R$ 70 A R$ 750 (veículos nacionais). Isso sem contar a mão de obra.

 

Veja também: Você sabia que com a assistência 24h da Status seguro você não fica sem combustível?

 

Na melhor das hipóteses, considerando que a peça não seja danificada, resíduos sólidos que ficam no fundo do tanque são aspirados quando o automóvel circula com o tanque no vermelho. Isso pode acarretar entupimentos do filtro de combustível (a peça pode custar de R$ 15 a R$ 250) e dos bicos injetores que levam a gasolina ou o etanol até o motor (o preço da limpeza varia).

Vale lembrar que a quantidade de combustível na reserva é o suficiente para que o motorista vá até um posto de abastecimento. Em hipótese alguma, essa gasolina ou esse etanol extra deve ser consumido até o fim. O ideal é rodar com, pelo menos, 1/4 do tanque.

O motorista também não deve confiar na quilometragem apresentada no painel do carro, indicando o quanto ainda é possível percorrer com o tanque na reserva. Como todo sistema eletrônico, esse medidor está sujeita a falhas.

Se o veículo parar por falta de combustível, a infração é considerada média. A multa equivale a R$ 130,16, com perda de quatro pontos na carteira de habilitação. Neste caso, o carro pode ser rebocado.

Na época da greve dos caminhoneiros, o vice-presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Dionísio Lins (PP), declarou que encaminharia ao Comando Geral da Polícia Militar e à Guarda Municipal, um pedido para que todas as multas aplicadas a carros particulares parados em vias públicas por falta de combustível desde o início da greve sejam suspensas.

Essa atitude visa não punir as pessoas que tiveram os seus veículos parados, não por negligencia de abastecer, mas sim por falta de combustível nos postos.  Mas no cotidiano, o melhor conselho é que quando a falta de gasolina for notada pelo motorista, o mesmo deve parar no posto mais próximo e sair daquela situação adversa.

E você, já está com seu seguro auto?

Aqui na Status Seguros, você pode cotar seu seguro com as maiores seguradoras e estar sempre por dentro das ofertas e das melhores coberturas. A gente te ajuda comparando as melhores opções para você e para o seu bolso!

Gostou desse post? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro dessa e de outras novidades para você!

Share

Publicações Relacionadas

Gostou da Publicação? Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Mais Lidas

Que tal parcelar seu seguro auto em até 10X sem juros?