Viver perto do mar pode afetar o seu carro?

Publicado em: 18 de maio de 2016.

Car-on-Beach_Thinkstock-684x340

Viver perto do mar tem uma série de vantagens. Começar o dia com a brisa fresca do mar, o som calmante das ondas e as belas vistas sobre o mar brilhante. Mas, se a vida junto ao mar pode parecer ideal, pode não ser fácil para o seu carro.

De fato, alguns fatores ambientais presentes em locais costeiros podem causar ou acelerar a corrosão e danos nos veículos.

Ferrugem

Quanto mais próximo da costa, mais rápido a ferrugem poderá se formar. É importante cuidar das partes superiores do veículo, tais como o porta-malas, capô e portas, uma vez que estas peças terão geralmente oxidação mais rápida em locais costeiros. Inspecione estas áreas regularmente e mantenha o seu veículo coberto e limpo quando não estiver a utiliza-lo.

TAG-PADRAO-BLOG
No inverno é de evitar lavar o carro quando a temperatura se encontra muito baixa. A água congelada aumenta a concentração de sal e o sal faz com que os veículos enferrujem muito mais rápido. No Verão é de evitar entrar no veículo com os pés com areia da praia, pois a concentração de areia conduz ao enferrujamento da carroçaria. Destacamos também a necessidade de lavar o seu carro depois das idas à praia, para tirar a maresia que caiu sobre a sua viatura.

Sal e Orvalho

Outras partes do veículo podem corroer, bem como, pinças dos travões, porcas e parafusos. A humidade salgada e orvalho são um dos maiores fatores que contribuem para a corrosão, especialmente durante certas épocas do ano. Há um período de lua de mel de cerca de três a cinco anos, onde provavelmente não vai ver muitos danos. Depois, entre cinco a sete anos, pequenas manchas de ferrugem podem desenvolver-se no carro.
Se o carro estiver muito corroído … às vezes é mais barato substituir o carro ao invés de tentar conserta-lo e pinta-lo.

Perda de pintura

Além da corrosão, o ambiente costeiro pode também pode afectar a pintura do veículo. A combinação de sol e sal pode destruir o acabamento de um carro. Isso porque o sol quente aumenta os poros na pintura, o que resulta em maior absorção de humidade salgada – e, finalmente, mais corrosão.

 

Prevenir os danos do carro em ambientes costeiros

Se vive numa área costeira ou tiver adquirido recentemente um carro novo que quer proteger, existem coisas que pode fazer para desacelerar os danos no carro. Se vive apenas a alguns quarteirões da praia, sugerimos as seguintes práticas para ajudá-lo a evitar os danos acima mencionados:

  1. Estacionar numa garagem ou usar uma capa de veículo, especialmente no inverno.
  2. Lavar e encerar a pintura regularmente.
  3. Não conduza na areia ou na água do oceano; se o fizer, lave a parte inferior do carro com uma mangueira depois de ter arrefecido.

Viver perto do oceano pode ter efeitos negativos sobre o seu carro, mas se entender porque o dano acontece e tomar as medidas adequadas para limitar ou impedir, pode desfrutar a vida no litoral com corrosão mínima para o seu veículo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *